quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Ilusão de amor

Nada é mais doce e santo 
do que uma ilusão de amor... 
Enleia-nos em seus sedosos braços,
nos inebria com seu suave perfume.
Embala-nos em devaneios, em sonhos,
embota-nos à esquerda.
Perfura-nos como espada 
Três gumes a nos penetrar.