terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Implosão

           Vejam vocês que por vezes se nos apodera uma onda de indignação e ira. Invade-nos como suspiro profundo, e se dissipa, e se propaga, e se irradia para todo o corpo como uma substância em nós injetada. Enrigece-se-nos o espírito e o coração, e é como se todos os sentidos ganhassem uma dimensão e sensibilidade nunca antes percebidas. O linguajar coloquial traduziu esse avivamento através de uma expressão peculiar – "caiu a ficha". 
          Um fato isolado pode ser o responsável por essa reação em cadeia. É a gota d'água que faltava no pote abarrotado prestes a transbordar. Fatos isolados são como gatilhos ou faíscas num barril repleto de inflamáveis. Não se pode deter o processo quando iniciada a queima. O resultado é a ruptura de um estado de coisas, a quebra de um andaime sobre o qual se sustentava algo por demais pesado para suportar. Eis aí o tudo de muito pouco.